Se você é brasileiro e já foi ao Caribe mas nunca foi para Arraial do Cabo só tenho uma coisa a dizer: podia ter economizado seus dólares! Hahaha! Brincadeiras à parte: lógico que o Caribe tem muito mais infra estrutura para turismo, mas garanto que em belezas naturais estamos de igual para igual (quiçá melhores!). 😉

O pequeno município da Região dos Lagos carioca nasceu como uma vila de pescadores, mas hoje, o ecoturismo é a principal base da economia da cidade. Possui uma pequena e simples área urbana, então se você está indo para Arraial do Cabo não espere muita coisa além de belíssimas praias e paisagens naturais de tirar o fôlego.

A localização geográfica de Arraial do Cabo é o que possibilita que suas poucas praias estejam em enseadas, fazendo que com suas águas sejam sempre calmas e azuis. MUITO azuis, diga-se de passagem, rs. Além disso, é aqui que estão várias das mais belas praias do Brasil. E aí, ficou com vontade de conhecer Arraial do Cabo?

Para te ajudar, preparei um guia com tudo que você precisa saber para planejar sua viagem para Arraial! Veja abaixo:


TUDO SOBRE ARRAIAL DO CABO:

  1. Como chegar?
  2. Quando ir?
  3. Quanto tempo ficar?
  4. Onde ficar?
  5. O que fazer de dia?
  6. Quais as melhores praias?
  7. Como chegar em todas as praias?
  8. O que fazer de noite?
  9. Quanto custa?

1. COMO CHEGAR?

A melhor forma de chegar em Arraial do Cabo é de carro. São apenas 2 horas e 30 minutos a partir da capital do Rio de Janeiro. Portanto, se você for de outro estado, a boa é ir de avião até a capital e alugar um carro a partir dali.

Caso você seja do Sudeste mesmo, uma única viagem de carro pode ser suficiente. A distância para São Paulo é de 584km (7,5hs), para Belo Horizonte é de 574km (8,5hs) e para Vitória é de apenas 450km (6,5hs).

2. QUANDO IR?

Arraial do Cabo tem clima bom o ano todo. Sem dúvidas a época mais garantida de pegar dias ensolarados e calor arrebatador é no verão, entre os meses de novembro a fevereiro. Entretanto, essa também é a época mais cheia da cidade. Se isso for um problema para você, recomendo evitar essa temporada.

Se você for do Rio de Janeiro mesmo, minha sugestão é ir em um final de semana comum, de preferência no verão para garantir as chances de pegar uma praia perfeita, mas sem muitas restrições de temporada.

E se você for de fora do Rio, prefira ir em semanas comuns do verão (sem ser feriados ou finais de semana) ou arrisque pegar umas férias nas meia-estações. Já o inverno, apesar de possuir temperaturas mais baixas, é a temporada mais seca da cidade. Não recomendo para quem precisa daquele calorão para pegar praia. Mas se esse não for o seu caso, pode ser uma boa opção também! 😉

Conselho: evite feriados (todos, principalmente Reveillón e Carnaval)!

prainhas do pontal do atalaia arraial
Arraial tem o clima bom o ano inteiro. É possível ter dias lindos e ver o mar azulzinho assim em todas as estações do ano! (foto: @mcardosophotos)

3. QUANTO TEMPO FICAR?

A verdade é que os pontos mais imperdíveis de Arraial do Cabo cabem em um final de semana. Porém, acredito que 3 dias seja o ideal para fazer tudo com calma. E se você tiver o privilégio de ficar mais tempo, 4 dias são suficientes para conhecer tudo que a cidade tem para oferecer.

4. ONDE FICAR?

A maioria das opções de hospedagem em Arraial do Cabo ficam na Praia dos Anjos, na  Praia Grande e na Prainha. As duas primeiras são as praias mais urbanizadas da cidade. Portanto, é onde você encontrará alguma opção de entretenimento noturno, com bares e restaurantes. A Prainha, por outro lado, é mais residencial.

Um ponto importante a mencionar é que a Praia dos Anjos não é um local próprio para banho. É ali que fica o porto da cidade, de onde saem todos os passeios de barco, além de ser de fato o “centrinho” de Arraial. Se a sua prioridade for conveniência, recomendo ficar aqui. Já se a sua prioridade for ir a praia a pé, prefira se hospedar na Praia Grande ou na Prainha (acho a Praia Grande mais bonita!).

De qualquer forma, a cidade é cheia de opções tanto de hostels, quanto pousadas e Airbnb’s. Mas não espere grandes hotéis ou pousadas incríveis: é tudo bem simples por lá. =)

Veja algumas opções interessantes de hostels e pousadas nessas regiões:

E respondendo a uma pergunta clássica que todos fazem: rola ficar hospedado em cidades próximas, como Búzios e Cabo Frio?

Eu te digo: depende do tempo que você tem disponível. Mas se você quiser dedicar pelo menos 2 dias da sua viagem para conhecer Arraial, já não vale a pena ficar em outra cidade. Isso porque Arraial é muito pequena e muito turística. Se você estiver longe, será necessário acordar muito cedo para se deslocar até lá, conseguir estacionamento, vaga no passeio de barco…será muito cansativo, pode apostar. Só vale a pena se seu principal objetivo for conhecer as outras duas cidades e Arraial for apenas um “a mais” do seu roteiro!

praia grande arraial do cabo
Estátua da Flavia Alessandra na orla da Praia Grande. Foto: @mcardosophotos

5. O QUE FAZER DE DIA?

As principais atrações de Arraial do Cabo são para ser feitas de dia e se resumem a praias, praias e mais praias. O passeio mais comum e imperdível da cidade é o de escuna. Praticamente todos os barcos fazem o mesmo roteiro, parando para banho na praia do Farol, acessível somente de barco, e nas prainhas do Pontal do Atalaia. Alguns vão até a praia do Forno também, mas a maioria só passa em frente, sem parada.

Além disso, tem as outras praias que não estão no roteiro dos barcos, mas que também são lindas e merecem sua visita: Praia Grande, Prainha e Praia Brava (acessível somente por trilha).

Para quem não sabe, Arraial do Cabo é denominada a capital do mergulho. Existem diversas agências que oferecem cursos e batismo, e essa é uma das principais atividades realizadas na cidade e que atrai turistas do mundo todo. Se for do seu interesse, com certeza deve ser imperdível viver essa experiência por lá!

Em Arraial é possível ainda fazer trilhas, seja contratando serviços de trilha guiada, seja por conta própria. A mais famosa é a da Ilha do Farol, mas existem também vários outros roteiros alternativos, levando por exemplo, ao famoso Lago do Amor. E tem também trilhas mais simples como as entre as praias (Prainha x Forno, Anjos x Forno), e por aí vai.

E por fim, algumas agências de turismo oferecem ainda passeios privativos de lancha, buggy, quadriciclo, triciclo…o que não falta é coisa para fazer! =)

prainhas do pontal do atalaia arraial
Ao fundo: prainhas do Pontal do Atalaia (foto: @mcardosophotos)

6. QUAIS AS MELHORES PRAIAS?

Todas as praias de Arraial são lindas. De verdade, não é exagero nem forçação de barra dizer isso, haha! Mas, se você tiver que priorizar, diria que as prainhas do Pontal do Atalaia, praia Brava e a praia da Ilha do Farol são as mais imperdíveis! Por um simples motivo: são as mais paradisíacas.

7. COMO CHEGAR EM TODAS AS PRAIAS?

  • Praia Grande e Prainha: as mais fáceis e urbanas, são acessíveis de carro mesmo, basta achar uma vaga, rs!
  • Praia dos Anjos: é a praia do porto, não é própria para banho. Mas também é acessível de carro.
  • Praia do Forno: de barco táxi a partir da Praia dos Anjos (15 reais a perna) ou de trilha a partir da mesma praia. A trilha é simples e não precisa fazer com guia.
  • Prainhas do Pontal do Atalaia: de carro até a cancela onde fica a entrada do Parque do Pontal do Atalaia. É preciso pagar 20 reais para entrar e subir mais 4km até o estacionamento. Depois de estacionar o carro, é preciso descer 250 degraus da belíssima e famosa escada de madeira. Se puder, leve sua cadeira e guarda-sol: por lá os quiosques cobram 50 reais apenas para sentar, sem consumação!
  • Praia da Ilha do Farol: só é acessível de barco ou lancha. É controlada pela Marinha e tem um limite de acesso por dia. É preciso pagar um dos passeios oferecidos pelas agências de turismo.
  • Praia Brava: só é acessível de trilha, que tem dificuldade média. Tem descida mata a dentro, muitos degraus de escada, e por fim, caminhada em pedras. Vi muita gente fazendo sozinha, mas eu sou medrosa e não faria, rs. Além disso, dependendo da maré, a água pode ocupar a pequena faixa de areia. Recomendo se informar antes de ir.
praia brava arraial do cabo
Praia Brava: a mais selvagem e deserta de Arraial do Cabo. Acessível somente através de uma trilha de dificuldade média. (foto: @mcardosophotos)

8. O QUE FAZER DE NOITE?

A verdade é que não há quase nada para fazer em Arraial do Cabo a noite, a não ser jantar em algum dos poucos restaurantes interessantes que existem por lá. E praticamente todos os bares e restaurantes mais legais de Arraial estão na Praia dos Anjos.

Eu comi em um restaurante chamado The Blend: é de hamburger, possui uma boa carta de cerveja artesanal e vibe americana. A comida era super boa, recomendo!

Outros restaurantes que eu passei em frente e achei interessantes foram o Bacalhau do Tuga e o Pimenta Rosa Gastronomia. Ambos ficam na Praia dos Anjos. Não cheguei a comer neles, mas estão bem avaliados no Trip Advisor.

O único local que eu vi que pareceu mais animado foi o chamado El Forno, bar localizado também na Praia dos Anjos. Não cheguei a entrar, mas com certeza pareceu ser a melhor pedida para uma noite mais animada!

9. QUANTO CUSTA?

Definitivamente essa é uma viagem que só será cara se você quiser, rs! Há muitas opções de hospedagem baratas em pousadas, hostels e Airbnb’s, com diárias na média de 200 reais o casal.

Comer por lá também pode ser muito barato: tem muitos restaurantes a kilo ou com pratos executivos entre 20 e 30 reais. Sem falar nos quiosques das praias. Comi um escondidinho de frango ENORME e delicioso no Cantinho das Massas na Praia do Forno por 16 reais! Adoooro! Hahaha!

O que vai pesar no orçamento mesmo são os passeios, mas economizando na hospedagem e alimentação dá para compensar os custos. O passeio de escuna custa por volta de 100 reais por pessoa; já uma trilha guiada 70 reais por pessoa. O mergulho com certeza é o mais caro de todos. Mas também, se você optar por ficar somente na praia curtindo o dia inteiro gasta menos e é tão bom quanto! 😉

escuna arraial do cabo
Escuna de passeio em Arraial do Cabo (foto: @mcardosophotos)

E aí, partiu Arraial do Cabo? Então veja essa sugestão de roteiro para fazer em 2, 3 ou 4 dias na cidade!


Curtiu esse post? Continue acompanhando minhas dicas no Instagram do @blogpelocaminho! =)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Nome