A capital do mergulho, o Caribe brasileiro…seja qual for o slogan pelo qual você conhece Arraial do Cabo, o fato é que você não pode deixar de conhecer essa cidade. A apenas 2 horas e 30 minutos da capital do Rio de Janeiro, o pequeno município impressiona com sua natureza exuberante e praias dignas de descanso de tela do Windows. Não é exagero: Arraial do Cabo é realmente incrível e VALE a visita de todos os brasileiros.

Entretanto, se Arraial possui algumas das mais belas praias do Brasil (quiçá do mundo), por outro lado a estrutura urbana pode deixar a desejar. O centrinho é bem pequeno, há poucas opções de restaurantes e as pousadas são bem simples. Mas de verdade? O objetivo de uma viagem para Arraial não é viver no conforto, mas sim se conectar com a natureza e ver o paraíso com seus próprios olhos! 😉

Enfim…com tanto cenário lindo para conhecer em Arraial pode ser difícil organizar tudo em uma única viagem, né? Portanto, esse post está aqui para te ajudar nessa missão! Vejam abaixo uma sugestão de roteiro para fazer em 2, 3 ou 4 dias na cidade.


Roteiro em Arraial do Cabo:


DIA 1: PASSEIO DE BARCO + PRAIA DO FORNO

A melhor forma de começar sua viagem por Arraial do Cabo é fazendo um passeio de barco. Esse é o famoso “must-do”, que todo mundo faz e que realmente vale a pena fazer. Isso porque os passeios oferecidos pelas diversas agências de turismo espalhadas pela cidade são super completos e te possibilita conhecer os principais pontos da região de uma única vez.

Você pode fazer tanto o passeio de escuna, que são aqueles barcos enormes que levam entre 50 e 70 pessoas, quanto alugar uma lancha para um passeio privativo. Enquanto o primeiro custa entre R$ 80,00 e R$ 100,00 por pessoa, o segundo chega a custar até R$ 300,00 por hora. Entretanto, na lancha você vai com muito menos gente (máximo 6 pessoas), e pode ter uma experiência bem mais personalizada. Acredito valer a pena optar pela segunda opção somente se você estiver com um grupo grande.

arraial do cabo roteiro escunas
Escunas de passeio paradas nas prainhas do Pontal do Atalaia (foto: @matheuscardoso)

Os roteiros dos passeios de escuna costumam ser bem parecidos e duram mais ou menos 4 horas. A maioria passa pela Praia da Ilha do Farol, Gruta Azul, Prainhas do Pontal do Atalaia, Fenda de Nossa Senhora e Praia do Forno. Em todas as praias há paradas para banho, com exceção da do Forno, onde a maioria dos barcos apenas passam em frente. O que vai variar entre os passeios oferecidos é que algumas escunas fazem quase que uma festa lá dentro enquanto outros são mais discretos! Rs.

Todos os barcos saem do porto que fica na Praia dos Anjos. Portanto, basta ir até lá antes das 8hs da manhã se quiser encontrar um barco disponível para passeio, ou então, entre em contato direto com uma agência caso queira fechar com antecedência. Recomendo fazer a segunda opção, principalmente na alta temporada!

Ah, e importante saber: a Praia da Ilha do Farol é a mais bonita de Arraial e seu acesso é controlado pela Marinha. Só é acessível de barco e por isso, a única forma de chegar lá é através desses passeios. Mais um motivo para você não deixar de passear de barco, ein! 😉

Dicas de algumas agências que oferecem passeios de barco: Arraial Vip Turismo, Tortuga Tur, Valentyna Tur e Saveiro Don Juan.

Terminado seu passeio de escuna, caso você não tenha parado na Praia do Forno, que tal aproveitar para conhecê-la logo depois? Basta pegar um barco-táxi na própria Praia dos Anjos, onde sua escuna vai te deixar. Custa R$ 15,00 cada “perna” até lá. Ou, caso você prefira ir por terra, existe uma trilha rápida e leve bem pertinho da saída do cais da praia dos Anjos, que te leva diretamente para lá também.

A Praia do Forno tem uma faixa de areia muito pequena, mas os quiosques costumam cobrar apenas a consumação para sentar na mesa. Aproveite para almoçar em algum desses quiosques e garanta seu lugar na areia! A praia do Forno é linda e imperdível! Não deixe de visitá-la! 😉

praia do forno arraial do cabo
Praia do Forno (foto: @matheuscardoso)

DIA 2: PRAINHAS DO PONTAL DO ATALAIA + PRAIA BRAVA + MIRANTE PÔR DO SOL

Reserve seu segundo dia de viagem para conhecer a área do parque estadual da Costa do Sol. É dentro desse parque onde estão as famosas prainhas do Pontal do Atalaia, o mirante do pôr do sol e a Praia Brava. Chegando de carro até a entrada do parque, você verá uma cancela onde é necessário pagar R$ 20,00 em dinheiro para estacionar.

DICA: chegue bem cedo, pois a partir das 9hs já é possível encontrar fila de carros na entrada do parque.

parque pontal do atalaia
Cancela na entrada do parque do Pontal do Atalaia

Passando a cancela, vá direto para as prainhas do Pontal do Atalaia, uma das mais praias bonitas de Arraial do Cabo (na minha opinião fica atrás somente da Ilha do Farol!). Depois de estacionar o carro, você precisará descer os 250 degraus da famosa escadaria de madeira. Aproveite para tirar aquela foto bonita para o Instagram! Hahaha 😉

Chegando na areia, você será abordado por diversas pessoas te oferecendo mesa e cadeira nos quiosques. Mas já vou dar o bizu para vocês: eles cobram R$ 50,00 só para sentar, sem consumação. Por isso, leve sua própria cadeira e guarda-sol se não quiser morrer nessa grana!

Escadaria das prainhas do Pontal do Atalaia. (Foto: @mcardosophotos)

As prainhas são duas pequenas praias separadas por uma pedra. A praia do lado esquerdo costuma ser mais vazia e é lá que fica a famosa Gruta do Amor, onde todo mundo tira belíssimas fotos. Recomendo você ir direto para esse lado da praia se quiser curtir um pouco mais de sossego. Só um detalhe: a partir das 10hs da manhã os barcos de passeio começam a chegar e a praia fica mais cheia. Mais um motivo para você tentar chegar cedo e ter um experiência mais agradável, né? =)

Para chegar na Gruta do Amor, basta ir ao cantinho final do lado esquerdo da praia e ir andando pelo mar até a parte de trás da pedra. A água é bem rasa e é super tranquilo de chegar. Porém, recomendo que leve somente seu celular protegido em uma capinha a prova d’água para não correr risco de molhar suas coisas.

gruta do amor arraial do cabo
Gruta do Amor, nas prainhas do Pontal do Atalaia. (Foto: @mcardosophotos)

Depois de curtir as Prainhas do Pontal, que tal aproveitar que você já está dentro do parque para conhecer a Praia Brava? Essa é a praia mais deserta e selvagem de Arraial e é o melhor local para fugir da civilização. Se você não se importar de fazer um trilha rápida porém com muita descida mata a dentro e caminhada nas pedras, recomendo reservar um tempinho do seu dia para conhecer esse paraíso desconhecido. Ah, mas certifique-se que a maré está baixa, ok? Assim você aproveitará as piscinas naturais que formam ali, além de conseguir chegar com mais facilidade. Se você tiver disposição e quiser se aventurar, vale a visita! 😉

praia brava arraial do cabo
Praia Brava vista de cima (foto: @mcardosophotos)

Por fim, aproveite o melhor fim de tarde de Arraial ainda dentro do parque, no famoso mirante do pôr-do-sol (ou mirante do Pontal do Atalaia). Estacione o carro ali pertinho e fique esperando o sol se despedir bem no mar da Praia Grande. Inclusive, você sabia que Arraial do Cabo é um dos poucos lugares do mundo onde o sol nasce e se põe no mar? 🙂

DIA 3: PRAIA GRANDE + PRAINHA

Se você tiver somente um fim de semana, o roteiro dos 2 dias acima já cobre o que há de mais imperdível na cidade. Porém, se você tiver o privilégio de curtir mais um diazinho, aproveite para conhecer as duas praias mais urbanas de Arraial: a Praia Grande e a Prainha.

A Prainha fica bem na entrada da cidade e é a primeira praia que você verá quando chegar. Sua orla é pequena, mas é bem servida de quiosques com mesas e cadeiras. Nessa região também tem muitas pousadas e apartamentos para aluguéis de temporada, então muitas pessoas acabam ficando hospedadas aqui. Assim como todas as praias de Arraial, a areia é bem branquinha e o mar é azul claro de doer os olhos. Ou seja, mais uma bela praia que vale a visita.

Já a Praia Grande não tem esse nome à toa: são nada menos que 40km de faixa de areia branquinha e um mar azul claro perfeito. O canto esquerdo da orla é o mais movimentado, com a presença de vários bares e restaurantes. É nesse pedaço também que fica a estátua da atriz Flávia Alessandra. Isso mesmo: a atriz nasceu em Arraial e a prefeitura fez essa homenagem para ela, hahaha! É aqui também que acontece o pôr-do-sol mais bonito da cidade. Venha para cá a tarde e espere o sol se pôr sentado na areia. 🙂

praia grande arraial do cabo
Estátua da Flavia Alessandra na orla da Praia Grande. Foto: @mcardosophotos

DIA 4: TRILHA OU MERGULHO

E se você tiver ido em um feriadão para Arraial e puder curtir mais um diazinho por lá, que tal fazer uma trilha ou mergulho?

A trilha mais famosa de Arraial é a da Ilha do Farol, mas existem diversas agências que oferecem roteiros diferenciados pela cidade. Eu fiz o roteiro completo da Lagos Trilhas, que saía da Praia Grande e passava pelo Lago do Amor, Praia Brava e terminava nas prainhas do Pontal do Atalaia. Infelizmente eu não consegui terminar a trilha do Lago do Amor, pois fiquei com medo e travei na metade do caminho, rs. Inclusive, acho válido mencionar que essa trilha é bastante perigosa e só é possível fazer com o acompanhamento de um guia profissional, ok?

Lago do Amor em Arraial do Cabo
Lago do Amor em Arraial do Cabo (foto: @mcardosophotos)

Veja os sites da Lagos Trilhas e Arraial Tur para obter mais informações sobre trilhas em Arraial do Cabo.

Outra opção legal para incluir em seu roteiro em Arraial do Cabo é o mergulho. A cidade oferece condições perfeitas para a prática desse esporte praticamente durante todo o ano, e por isso, ela é conhecida como a “capital do mergulho” brasileira. Portanto, se você tiver a curiosidade de viver essa experiência um dia, aproveite a oportunidade e faça em Arraial do Cabo! Existem diversas empresas que oferecem esse serviço na cidade, e têm opções tanto para quem nunca mergulhou na vida, quanto para quem já tem experiência com esse esporte.

No site do Instinto Viajante tem um post bem completo com várias dicas e informações detalhadas para quem quiser mergulhar em Arraial do Cabo.

E veja os sites das empresas Seaquest SUB, Master Dive, By Fish, Deep Trip e Sand’Mar para obter mais informações e planejar seu mergulho em Arraial!

*

Quer ver mais dicas de Arraial do Cabo? Leia esse post abaixo:


E aí, tem mais alguma dica legal para compartilhar com outros viajantes? Deixe aqui nos comentários! 🙂

*

E para acompanhar minhas andanças em tempo real, me segue lá no Instagram do @blogpelocaminho.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Nome